{"title":"Pesquisador alerta sobre riscos de dormir com cu00e3es no inverno.","content":"n

Segundo Katy Alexander, lu00edder de pesquisa veterinu00e1ria no Reino Unido, cu00e3es das rau00e7as Bulldog Francu00eas e Pugs correm risco maior de superaquecimento por serem braquicefu00e1licos

nnnn
cru00e9dito: divulgau00e7u00e3o/Fapesp
nnnn

Muitos donos de animais gostam de dormir na cama com os pets, entretanto, o hu00e1bito pode ser arriscado especialmente no inverno. Segundo Katy Alexander, lu00edder de pesquisa veterinu00e1ria no Reino Unido, durante o peru00edodo de frio, em que costumamos se aquecer com cobertas mais grossas, os cachorros podem ter dificuldade para sair da cama quando estiverem sentindo calor, pois a temperatura corporal deles u00e9 mais alta do que a dos humanos.

nnnnnnnn (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});nnnnn

"Cu00e3es muito pequenos, filhotes, cu00e3es idosos e cu00e3es com artrite ou outros problemas de mobilidade podem ter dificuldade para encontrar uma sau00edda segura se estiverem com muito calor. Cobertores que podem ser muito pesados para permitir uma sau00edda segura devem ser evitados. Cobertores aquecidos podem causar queimaduras e o fio elu00e9trico representa perigo se mastigado", explicou Alexander ao jornal The Telegraph.

nnnnnnnnnnn

Ainda segundo o pesquisador, cu00e3es das rau00e7as Bulldog Francu00eas e Pugs correm risco maior de superaquecimento por serem braquicefu00e1licos (condiu00e7u00e3o que apresenta um formato compacto dos ossos do cru00e2nio). Portanto, Alexander alerta que os cuidadores desses cachorros devem "estar extremamente vigilantes".

nnnnnnnn (adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});nnnnn

Os pets emitem alguns sinais de superaquecimento. Segundo Karly Smith, especialista em comportamento animal da Blue Cross, a agitau00e7u00e3o corporal u00e9 uma das pistas e u00e9 necessu00e1rio ficar atento u00e0 vontade do animal u2014 e nu00e3o foru00e7u00e1-lo a dormir na cama. "Cu00e3es que estu00e3o comeu00e7ando a superaquecer vu00e3o ofegar e ficar agitados; se vocu00ea perceber isso, recomendamos remover o edredom ou o cobertor imediatamente", disse ao The Telegraph.

nnnn

"Haveru00e1 alguns cu00e3es que gostam de se aconchegar sob um edredom e, se isso u00e9 algo que eles querem fazer, tudo bem, mas u00e9 importante nu00e3o foru00e7ar nossos cu00e3es a fazer coisas com as quais nu00e3o estu00e3o familiarizados ou que podem achar assustadores", acrescentou a especialista.

nnnn

n"}