{"title":"Pets no carnaval? Veja cuidados e riscos de levar cu00e3es aos bloquinhos","content":"n
nnnn

Especialista alerta que deixar os animais em casa pode ser a melhor opu00e7u00e3o; caso contru00e1rio, confira dicas para deixu00e1-los mais confortu00e1veis.

nnnn

confortu00e1veis
Com a chegada do carnaval e dos blocos de rua, muitas pessoas desejam curtir a folia, mas nu00e3o querem deixar seus pets sozinhos em casa. Por isso, acabam optando por levar o animal para a festa.

nnnn

O especialista em comportamento animal Cleber Santos alerta, no entanto, que essa pode nu00e3o ser a melhor escolha. u201cNa grande maioria, os animais vu00e3o se comportar de uma maneira muita agitadau201d, explica.

nnnn

Segundo ele, u00e9 comum que os cu00e3es estranhem o ambiente nesse tipo de situau00e7u00e3o e, por isso, podem ter medo, se estressar e atu00e9 mesmo morder outras pessoas.

nnnn

Ainda assim, caso o tutor escolha levar o pet para o bloquinho, existem alguns cuidados importantes a serem tomados. Confira:

nnnn

Local adequado
Dos megablocos u00e0s marchinhas, existem muitas opu00e7u00f5es para diferentes tipos de foliu00f5es. Para os que vu00e3o acompanhados dos cu00e3es, u00e9 importante avaliar e escolher um bloco que tenha um espau00e7o mais adequado para o animal.

nnnn

Segundo Cleber, a preferu00eancia deve ser para locais espau00e7osos, com grama e u00e1rvores, para que o cachorro tenha mais espau00e7o e possa ficar na sombra tambu00e9m.

nnnn

u201cProcurar um horu00e1rio mais cedo, com menos pessoas e um local mais reservado, onde o cu00e3o nu00e3o fique no meio da u2018muvucau2019, porque o risco de pisarem nele u00e9 grandeu201d, diz.

nnnn
O asfalto quente pode ser um fato de risco para os cachorros que acompanharem os tutores no carnaval.
nnnn

Coleiras e guias
u00c9 importante tambu00e9m se atentar aos cuidados com a mobilidade do cu00e3o. u201cO ideal u00e9 sempre na coleira ou na guia muito bem ajustada. O cachorro no colo tem um risco de fuga muito grandeu201d, alerta. Ele explica que os cu00e3es podem se assustar com algum barulho, pular e sair correndo, por exemplo.

nnnn

u201cO colo tambu00e9m nu00e3o u00e9 indicado porque se o cu00e3o estiver com medo e estiver no colo, ele vai estar recebendo um reforu00e7o positivo em uma situau00e7u00e3o de medo ou estresse. Isso pode desencadear um problema comportamentalu201d, completa.

nnnn

Calor e hidratau00e7u00e3o
O calor tambu00e9m u00e9 um fator de risco: ele vem do asfalto quente, do sol e da grande quantidade de pessoas juntas no mesmo lugar.

nnnn

Com isso, Cleber aponta que levar bastante u00e1gua e hidratar o cu00e3o com frequu00eancia su00e3o atitudes essenciais para amenizar o desconforto.

nnnn
nnnn

Cuidados com resu00edduos

nnnn

Serpentinas, confetes, lantejoulas e outros tipos de resu00edduos fazem parte do carnaval, mas u00e9 preciso estar atento a eles tambu00e9m. u201cSe o cu00e3o ingeri-los, isso pode tanto intoxica-los, como gerar algum tipo de problema gu00e1stricou201d, diz o especialista.

nnnn

Uma dica, segundo ele, u00e9 levar o cachorro em uma guia mais curta, que permita seguru00e1-los e impedi-los de lamber ou engolir o que estiver no chu00e3o.

nnnn

Barulho
Nos bloquinhos, u00e9 inevitu00e1vel estar perto do barulho, mas procurar um local mais afastado, no qual o animal nu00e3o fique tu00e3o perto de uma caixa de som ou de instrumentos, por exemplo, u00e9 importante.

nnnn

u201cLembrando que o cu00e3o chega a escutar 25 vezes mais que a gente, entu00e3o estar ali do lado de um trio elu00e9trico, do lado de um bloco com um barulho muito grande pode causar estresse ou problema auditivou201d, explica o especialista.

n"}