Menu

Mais resultados ...

Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors
Search
Close this search box.
PUBLICIDADE

Como cuidar do peixe betta

Eles são pequenos, vivem em água doce, coloridos e vistosos, têm um custo acessível e costumam ser ótimos para quem está entrando no mundo do aquarismo. Já deu para reconhecer de quem nós estamos falando. Conheça dicas incríveis de como cuidar do peixe betta!

Boa parte das listas com os peixes mais recomendados para iniciantes traz o peixinho betta como opção. Mas isso não quer dizer que eles dispensem cuidados básicos, como a manutenção dos parâmetros da água.

Peixe Betta sempre chama atenção em qualquer aquário. Ele é considerado muito bonito por causa das escamas coloridas e barbatanas grandes. A beleza costuma encantar crianças e qualquer pessoa apaixonada por peixes. Além disso, a inteligência desse animal também se destaca e desperta paixões. Ele pode ser treinado para fazer brincadeiras graciosas no aquário.

Por tudo isso, o Betta é muito procurado pelo mundo. O custo baixo da criação também é um atrativo. Mas é importante alertar: criar um Betta requer cuidados em alguns detalhes.

COMO ESCOLHER O PEIXE BETTA?

É fundamental ver a aparência do Betta no momento da compra. Verifique, por exemplo, se a cor do animal está viva. Repare nas barbatanas, pois elas podem ter pequenas lesões. E tente avaliar se ele responde a interações.

PRECISA DE AQUÁRIO GRANDE?

O mais importante é que o aquário tenha espaço suficiente para que o Peixe Betta possa viver sem encostar as nadadeiras e a cauda nas paredes. Também é bom que o local tenha alguma profundidade. Um espaço de aproximadamente 15 litros é o ideal.

Existem no mercado os aquários chamados de “beteiras”, que são específicos para essa espécie. Mas alguns são muito pequenos. Então é necessário prestar atenção ao tamanho do seu peixe.

Nunca esqueça da tampa. O Betta consegue pular para fora do aquário, então é essencial proteger o espaço com uma cobertura.

Também é preciso ter cuidado com o local onde ficará o aquário. O ideal é que fique em um lugar fresco, tranquilo e onde o sol não bate diretamente,.

QUAIS ACESSÓRIOS PRECISO TER PARA MANTER UM PEIXE BETTA?

Peixe Betta é resistente a condições adversas, mas é melhor não abusar. Ele precisa de alguns cuidados mínimos, que exigem a presença de acessórios no aquário, como o filtro. Termômetro e termostato com aquecedor também são importantes, pois ajudam a manter a temperatura da água entre 26º e 28º.

É importante ter uma camada de cascalho no aquário, mas o material deve ser fino para não machucar o peixe. A camada deve ter cerca de 2 centímetros.

Alguns acessórios de decoração também podem ser utilizados, como plantas naturais, esconderijos e luzes. Rochas não são recomendadas, pois podem machucar as barbatanas do animal.

COMO LIMPAR O AQUÁRIO DE UM PEIXE BETTA?

Não é preciso gastar muito para manter o aquário saudável para o Peixe Betta. O mais importante é fazer uma limpeza a cada 10 ou 15 dias.

Para fazer essa higienização, remova metade da água suja para um local provisório, junto com o Peixe Betta. Aproveite para limpar toda a estrutura do aquário, inclusive os enfeites decorativos, que costumam ficar mais sujos. Mas nunca use sabão ou detergente nessa limpeza.

Depois da lavagem, encha o aquário com água nova e filtrada. E quando colocar o Peixe Betta, permita que entre também um pouco da água suja, para facilitar a adaptação do animal.

COMO ALIMENTAR O PEIXE BETTA?

Peixe Betta deve comer ração em bolinhas. O alimento deve ser entregue uma ou duas vezes por dia.

Existe um teste que deve ser feito para saber a quantidade certa que deve ser dada. Despeje uma quantidade no aquário e aguarde dois minutos. O volume que for ingerido pelo peixe nesse período de tempo é a medida ideal para cada refeição. É importante não colocar comida demais para não deixar a água muito suja.

Há quem diga que o Peixe Betta pode ficar dias sem comida, mas isso é um mito. Deixá-lo sem alimentação fará com que ele fique estressado e mais suscetível a doenças,

Alguns comércios oferecem um reforço para a alimentação dos Bettas, como minhocas, larvas de mosquitos e pequenos crustáceos. Esses alimentos também podem ser ofertados em pequenas quantidades.

OS BETTAS CONVIVEM BEM COM OUTROS PEIXES DA ESPÉCIE?

Os Bettas são chamados de “peixes de briga” porque são muito territorialistas. Eles vivem sozinhos e fazem questão de ter o próprio espaço. Deixar dois machos juntos é briga com certeza.

Em muitos momentos, os Peixes Betta rejeitam até as fêmeas da própria linhagem. Portanto, a reprodução precisa ser feita com muita cautela, deixando os animais juntos por pouco tempo.

COMO IDENTIFICAR SE É MACHO OU FÊMEA?

É fácil identificar o gênero do Peixe Betta. A cauda dos machos é bem maior e chamativa. Já as caudas das fêmeas são pequenas e discretas.

É importante fazer essa distinção porque os machos são mais agressivos e não conseguem viver juntos.

COMO POSSO ENSINAR TRUQUES A UM PEIXE BETTA?

Esse é um dos principais atrativos do Peixe Betta. A capacidade de fazer truques costuma chamar atenção e impressionar.

Se bem treinados, esses peixes podem aprender diferentes brincadeiras, como saltar, passar por círculos e controlar o próprio tamanho com as barbatanas e as guelras.

Para começar a treinar o Peixe Betta, faça movimentos simples com o dedo na parede do aquário. Se ele estiver bem e saudável, provavelmente vai responder aos estímulos.

Depois que o Peixe Betta começar a acompanhar o dedo com naturalidade, é hora de usar iscas para avançar no treinamento. Rações e minhocas funcionam bem para esse momento. É com isso que ele será treinado para saltar ou passar por círculos.

O truque de aumentar o tamanho é, na verdade, um mecanismo de defesa do Peixe Betta. No habitat natural, ele “cresce” quando vê predadores e inimigos. É possível imitar essa sensação de medo colocando um espelho no aquário. O Peixe Betta vai ativar o mecanismo de defesa e fazer um movimento encantador. Isso é importante, pois serve como exercício para ele.

Mas atenção: não é algo que deve ser repetido com frequência, para não estressar o animal. Três vezes por dia é uma quantidade razoável. E as sessões de treinamento para os outros truques também devem ser feitas com moderação, por pouco tempo, para não cansá-lo. E evite ao máximo tocar no Peixe Betta.

Ele tem um baixo custo de manutenção

Mito! Muitos acreditam que, diferente do que ocorre com outros peixes, para se ter um betta, não é preciso equipar o aquário com equipamentos como filtro, termômetro, termostato, ou se preocupar com testes hidrológicos.

No entanto, assim como todos os outros peixes, o betta também depende de uma faixa de temperatura (entre 26°C e 28°C) e de pH (entre 6,8 e 7,4) adequados para ficar saudável. Por isso, ter um termostato com aquecedor e usar condicionadores de pH para manter essas condições estáveis é muito importante.

O hábito de criar o peixe betta em água da torneira já foi muito comum. O problema é que a qualidade da água deve ser sempre levada em consideração, até porque ele também está sujeito a intoxicações por excesso de amônia, de nitritos e de nitratos. Sendo assim, o aquário deve ter um filtro adequado para os litros do aquário.

Em outras palavras, não é que ter um peixinho como este custe caro, mas, em geral, o custo tanto do aquário quanto de sua manutenção é o mesmo que você teria com outros peixes de água doce similares.

O ideal é que o peixe betta viva sozinho

Mito! Apesar de ser territorialista, esse nadador não precisa viver necessariamente sozinho. No entanto, antes de adquirir um companheiro, é fundamental saber se ele tem temperamento pacífico e se vive nas mesmas condições de temperatura e de pH da água.

Agora, se você faz questão de ter mais de um peixe, não tem problema. Aqui vão algumas opções de espécies que, em geral, são compatíveis com o betta: corydoras, ottos, tanicts, rasboras e botias.

Converse com um especialista para saber mais opções de companheiros para o seu amigo aquático. Com certeza ele vai indicar as melhores companhias e como deixar o peixe betta feliz!

É fácil identificar se um betta é macho ou fêmea

Verdade! Quando o peixe é adulto, não é preciso ser nenhum expert para saber o sexo de um betta. Isso porque, nessa espécie, as diferenças são muito bem marcadas pela cauda: nos machos, ela é grande e esvoaçante.

Já nas fêmeas, ela é bem menor e discreta. Saber isso é importante porque, em geral, os machos são bem mais agressivos que as fêmeas. Sendo assim, se você optou por ter um e por colocar outras espécies no aquário, redobre a atenção com possíveis brigas.

QUANTO TEMPO VIVE UM PEIXE BETTA?

Um Betta vive em média de dois a cinco anos. Mas alguns são capazes de chegar aos 10 anos, desde que recebam a devida atenção do dono.

Compartilhe nas redes sociais

0 0 votes
Article Rating
Se inscrever
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks Inline
Ver todos os comentários
TALVEZ ESTEJA PRECISANDO

Notícias Relacionadas


PUBLLICIDADE

PUBLLICIDADE

Categorias


PUBLLICIDADE
TALVEZ ESTEJA PRECISANDO


CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Veja Muito Mais